ban1
ban3
ban2
ban4
ban6
ban5

A origem do nome

Na Grécia Antiga, memória fraca curava-se com um ramo de alecrim atrás da orelha. Entre os romanos – que a batizaram de rosa do mar ou rosmarinus – a crença era outra: a planta simbolizava o amor e a morte, e por isso era plantada na soleira das portas, um hábito que durou até a França Medieval. A Igreja Católica Apostólica Romana, coincidentemente usa o alecrim nos seus rituais, queimando-o no incenso. Porco, cabrito e carneiro ficam uma delícia se temperados com molho de alecrim.

Graças ao seu forte sabor, deve ser empregado com moderação. O arbusto chega a medir 50 cm de altura e cresce espontaneamente no Mediterrâneo. As flores são azuis ou brancas, mas usamos apenas as folhas verde-brilhantes com uma faixa esbranquiçada no meio. O alecrim ainda regula as funções hepáticas e tem propriedades anti-sépticas e estimulantes.

O Rosmarino

Inaugurado em 2000 o Rosmarino é um restaurante de cozinha clássica italiana com toques de autoria das sócias, Stela Krempel e Angela Amado, vigilantes na gestão da casa despojada e acolhedora, com toques de requinte salpicados no cardápio e ambiente.

Uma de nossas criações, a Terrine de Frutas, de tão surpreendente foi parar na capa da revista “Prazeres da MESA” no início dos anos 2000.

O Rosmarino é merecedor, segundo avaliação do criterioso Guia Josimar Mello, da classificação com uma estrela (categoria bom) na companhia de muitos dos melhores restaurantes da capital e também a marca “Ospitalità Italiana” 2013/2014 dos restaurantes Italianos ao redor do mundo.

aniversario rosmarino dia dos pais 2017